Ecologia

Ecologia

A pesca é uma das atividades mais antiga da humanidade. Antes mesmo de aprender a cultivar a terra ou a criar animais, o homem aprendeu a pescar.

Por ser onívoro por natureza, a maior fonte de alimento do homem primitivo era oriunda da pescaria. A pesca foi a primeira atividade humana de sobrevivência.

A pesca faz parte da memória e da cultura mais antiga de praticamente todas as civilizações litorâneas, tanto como fonte de alimento, como pela contribuição na economia local. Pescar faz parte da história do homem.

E é nessa história que nos encaixamos, desenvolvendo equipamentos de ponta para a prática da Pesca Submarina em Apneia.

A Pesca Submarina em Apneia, com o uso de arpões, é uma evolução da pesca com lanças e espetos, utilizada por antigas civilizações ribeirinhas.

De todas as diversas modalidades de pescarias atuais, a Pesca Submarina em Apneia se destaca por ser extremamente seletiva, focada basicamente em alimentação caseira e baixo impacto ambiental.

Um pescador submarino em apneia, com o uso de um arpão, seja pneumático ou de elástico, não consegue atingir um volume maior que 5% do que atingíam os índios, com suas flexas, no período da descoberta do Brasil.

A harmonia do planeta está calcada, principalmente, na preservação de seu Eco Sistema. Desde os primórdios, a pesca faz parte da sobrevivência do homem, isso porque, em sua maioria, a humanidade é composta por onívoros.

Relatório da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura) de 2014, destaca o grande potencial da pesca em resposta à crescente demanda mundial por alimentos.

A Pesca Submarina em Apneia, respeita os períodos de desovas, os manguezais, os tamanhos mínimos de cada espécie, a preservação das espécies em extinção e os períodos do defeso.

A Pesca Submarina em Apneia possui rígidas regras de cotas por quantidade, por espécie e por peso, bem mais restritivas que em qualquer outra modalidade desta atividade, sendo todas as capturas, destinadas exclusivamente a alimentação caseira.

Além disso, os campeonatos de Pesca Submarina, no Brasil tem regras ainda mais rígidas de limites de espécies e tamanhos, e entrega todas as suas capturas a instituições de caridade, sendo classificatório e obrigatório que os atletas façam essas doações.

Sem arrastões, redes ou bombas, a pescaria de arpão é a forma mais responsável, limpa e seletiva de se manter o equilibrio do Eco Sistema. O peixe faz parte da alimentação mundial, estimando-se que represente 17% do consumo humano de proteínas, fonte de energia necessária.

Então, você conhece uma forma mais correta de pegar o peixe que quer comer?

Venha para a Pesca Submarina em Apneia, pratique um esporte apaixonante e dinâmico com responsabilidade e conheça o prazer de uma alimentação saudável, com procedência conhecida e conciência ambiental.

Águas roxas e bons mergulhos.